sábado, 22 de setembro de 2018

A diferença de jogar a 25 ou 60FPS

Muitas pessoas pensam que, se os 24 frames por segundos usados no cinema são suficientes para nos mostrar imagens em movimento, então deverão ser igualmente suficiente para se jogarem jogos de computador. A questão é que, embora os 24fps até "desenrasquem" (e mesmo assim, isso será extremamente discutível, considerando que essa medida foi escolhida apenas por ser a "mínima aceitável" para poupar película) a fluidez da imagem sofre imensamente... e os jogos sofrem com ela.

Jogar a 60fps deverá ser o valor mínimo indispensável para os jogos de computador com algum tipo de acção... e daqui já podem inferir porque motivo muitos jogadores já se mudaram para ecrãs de 144Hz e até frequências superiores...


sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Fortnite para Android com 15 milhões de downloads em 21 dias


Depois de ter sido duramente criticada por não ter disponibilizado o Fortnite na Play Store, a Epic Games vem fazer um ponto da situação sobre as primeiras três semanas após o lançamento, e as principais dificuldades que enfrentou para trazer este jogo para a plataforma Android.

A Epic diz que nas primeiras três semanas o Fortnite já foi descarregado 15 milhões de vezes, o que parece demonstrar que o mercado não ficou demasiado incomodado com o facto da app obrigar a instalação manual fora da Play Store (se bem que, nunca saberemos quais poderiam ter sido os números caso o jogo estivesse oficialmente na store).

Quanto aos detalhes técnicos, a Epic ficou surpreendida por descobrir que 92% dos jogadores está a usar smartphones com Android 8 ou mais recente - mas isso é facilmente explicado pelo facto do jogo apenas estar disponível para equipamentos Android recentes, dos últimos dois anos. Caso se estivesse a olhar para a plataforma globalmente, as coisas seriam bem diferentes.

Partilharam também as frustrações de lidar com a enorme variedade de modelos Android, com cada fabricante e modelo a adoptar afinações diferentes para o sistema, fazendo com que mesmo modelos com 4GB de RAM possam apenas disponibilizar menos de metade da memória (e um deles sendo o Pixel 2, que apenas cedia 1.8GB do 3.6GB disponíveis). Para não falar noutros casos, em que a tentativa de obter mais memória encerrando processos era respondida pelo reiniciar automático desses mesmos processos. (Parece que afinal teremos mesmo motivos para optar por smartphones com 6GB e 8GB de RAM, para nos precaver contra estas coisas... por culpa das más programações.)

Fica agora a dúvida no ar se, daqui por alguns meses, depois do número de instalações cair a pique, a Epic reconsiderará a possibilidade de colocar o seu jogo na Play Store... Nessa altura a maioria dos jogadores já teria instalado directamente do site, pelo que seria apenas um forma de ir buscar os restantes que até poderiam gostar de jogar este jogo, mas não ao ponto de justificar a sua instalação "por fora".

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Ray tracing das Nvidia RTX demonstrado no jogo Atomic Heart


Depois de muita espera, a Nvidia revelou a sua nova geração de placas gráficas RTX e a aposta no ray tracing em tempo real como forma de se diferenciar da concorrência vai dando origem a jogos que irão tirar partido desta tecnologia "com fartura".

O jogo Atomic Heart será um desses casos, em certas partes quase parecendo que contém cenas que foram concebidas especificamente para demonstrar a tecnologia ray tracing. Se o ray tracing é capaz de melhorar o realismo de praticamente qualquer cena, graças à iluminação e sombras mais realistas; onde esta tecnologia realmente se faz notar é em cenas onde existam espelhos e demais superfícies reflectivas... e no vídeo que se segue até vemos o caso extremo de espreitarmos para dentro de um espelho em frente a outro espelho.

É bom ver que o jogo (nem as placas gráficas) crasham a lidar com reflexos "infinitos"... mas também foi notório que isso pareceu fazer "engasgar" um pouco a placa - e imagino que estivessem a utilizar a RTX 2080 Ti que por cá irá custar mais de 1000 euros.

... Se calhar será melhor aguardar pela próxima geração, para que a tecnologia já esteja afinada e a preço mais acessível. (Sendo que, agora que finalmente temos placas para jogar a 4K, está mais que visto que em breve nos começarão a tentar convencer que o que é mesmo bom é jogar em 8K! :)

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

PlayStation Classic apela à nostalgia


Depois do sucesso da Nintendo ao lançar as suas reedições de consolas clássicas, é agora a vez da Sony seguir a mesma fórmula com uma PlayStation Classic que se tornará irresistível para todos os que guardam boas memórias dos tempos passados com a PlayStation original

Hoje em dia as novas gerações tratam a PlayStation como algo que "sempre existiu", mas as gerações mais velhas ainda se recordarão do tempo em que a PlayStation era algo novo (e desejado), que tornava possível jogos com uma qualidade gráfica impressionante (para a época). Agora, será possível revisitar essas memórias com a chegada da PlayStation Classic.

A PlayStation Classic é uma mini-consola que replica o design da original em tamanho compacto, mas que felizmente traz dois controladores PS1 com o tamanho original.

A consola vem com 20 jogos pré-instalados, que irão variar de região para região, mas que contarão com clássicos como Final Fantasy VII, Tekken 3, Ridge Racer Type 4, entre outros. Infelizmente, ainda não é desta que as marcas percebem o potencial destas pequenas máquinas, não sendo possível adicionar jogos  novos (pelo menos oficialmente).

A consola irá custar 99 euros e temo lançamento agendado para o início de Dezembro - bem a tempo de se tornar numa proposta tentadora para as prendas deste Natal.


terça-feira, 18 de setembro de 2018

Shadow of the Tomb Raider mostra melhoramentos na Xbox One X

O Shadow of the Tomb Raider é mais recente aventura de Lara Croft, e embora seja um jogo com qualidade gráfica impressionante em todas as plataformas, a Square Enix e a Eidos fazrm questão de relembrar como é ainda melhor se for jogado numa Xbox One X - com direito a resolução 4K, HDR, texturas melhoradas, e até som 3D Dolby Atmos.


Related Posts with Thumbnails