terça-feira, 30 de agosto de 2016

No Man's Sky - a desilusão do ano?


O jogo No Man's Sky era um dos mais aguardados dos últimos anos, prometendo um universo variado pronto a ser explorado, mas afinal parece ter dado lugar à desilusão do ano, dando origem a inúmeros pedidos de devolução do dinheiro na Amazon, Sony, e Steam.

Para além dos bugs, a principal queixa é a de que o jogo não está a cumprir com o prometido, e que muitas coisas parecem ter ficado esquecidas, pelo menos na versão de lançamento. Em vez de um Universo dinâmico temos apenas planetas "estáticos" que nem sequer orbitam as estrelas; e a variedade a nível de planetas parece nem sequer conter planetas que foram mostrados nas demonstrações (e não ajudará que o tipo de planeta nem sequer tem em conta a proximidade do seu sol, pelo que é possível ter um planeta gelado encostado a uma estrela, e o planeta mais distante ser um deserto.)

Num jogo desta magnitude, a ser feito por uma pequena equipa independente, seria sempre muito complicado estar à altura das expectativas - embora eu esperasse que o conseguissem fazer. Infelizmente, parece estar a revelar-se ser mais um caso de um projecto que se deixou levar pela demagogia das promessas, e que falha em concretizá-las.

(Este foi um dos jogos que só não comprei devido ao meu princípio de não investir em pré-compras de jogos, decisão que infelizmente tem vindo a comprovar-se ser a mais acertada... por muito que eu preferisse estar errado...)


segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Clash Royale passa reset sazonal para os 4000 troféus


De duas em duas semanas o Clash Royale faz um reset a todos os jogadores com mais de 3000 troféus (de volta aos 3000), passando os troféus em excesso para "troféus lendários". Uma medida que visa promover a competição continuada no jogo, mas que agora vai ser ajustada para que o limite seja nos 4000.

A medida visa respondera a algumas das críticas (pertinentes) de que quando é feito este reset, muitos jogadores de nível 9/10 se arriscam a poder enfrentar jogadores de nível 12 e 13, contra os quais têm não têm qualquer hipótese de vencer - uma vez que todos voltaram a ter 3000 troféus. Por isso, o reset passará a ser feito no nível dos 4000 troféus, permitindo que os jogadores que se situam nesse patamar possam continuar a jogar e evoluir normalmente.

O sistema de evolução "rápida" que existia até aos 1000 troféus também expandido até aos 2000, o que permitirá que os jogadores cheguem mais rapidamente a esse patamar (as vitórias dão mais troféus que os que são retiram a quem perde, o que ajudará a subir ambos os jogadores.)

Se jogam Clash Royale com regularidade, não deixem de se juntar ao nosso clan AadM.pt :)

domingo, 28 de agosto de 2016

Battlefield 1 Premium Pass vai custar €49,95


O Battlefield 1 é um dos jogos mais aguardados do ano, mas mais uma vez teremos um jogo que será "pago às prestações" ou, melhor dizendo, que vem com o preço real camuflado. É que para além do jogo, os jogadores terão - quase inevitavelmente - que investir no Premium Pass para terem acesso aos conteúdos extra: que incluirão 4 expansion packs, com 16 novos mapas, novos modos de jogo, novas classes e armas (o primeiro, "They Shall Not Pass", chega em Março de 2017).


Claro que, como sempre, só compra quem quer... mas bem que seria interessante os editores decidirem-se de uma vez por todas: ou vendem o jogo com um preço único e sem cobrarem mais nada por nenhum conteúdo; ou então, de uma vez por todas, que passem para uma modalidade de pagamento de assinatura mensal, com acesso a todos os jogos (embora não me agrade nada essa opção).

Não se esqueçam que poderão experimentar o jogo, gratuitamente, já a partir de 31 de Agosto no open beta.

sábado, 27 de agosto de 2016

Pokémon Go já perdeu 10 milhões de jogadores


O jogo Pokémon Go foi um sucesso meteórico que criou um autêntico fenómeno que superou todas as expectativas, mas parece que se arrisca a ser também fugaz, estando a sofrer já um acentuado declínio.

O Pokémon Go teve um sucesso que todos puderam comprovar nas ruas, com dezenas de pessoas a juntarem-se em torno das PokéStops e ginásios para jogarem o jogo (e socializarem), mas desde o início que a grande incógnita era: será que este fenómeno será sustentável ao longo do tempo?

Embora ninguém lhe possa retirar o mérito do fenómeno que gerou, há que ter em conta que isso também foi potenciado por ter chegado numa altura "de férias" que facilitou a sua adesão pelos mais novos; e que embora seja certo que vá manter uma quantidade apreciável de jogadores fieis (tal como o Ingress o faz), haverá muitos que com o passar do tempo, começarão a interrogar-se se não será melhor prolongar a autonomia do seu smartphone desinstalando o jogo.



Segundo alguns dados, a queda tem sido acentuada, com um decréscimo de cerca de 10 milhões de jogadores no último mês.

É algo que já seria previsível, e que poderá ser parcialmente compensada com actualizações que implementem funcionalidades capazes de reter os jogadores (ao contrário dos bugs e remoção de funcionalidades, ou sistemas anti-cheating que acabam por chatear jogadores legítimos.)

Veremos daqui por mais alguns meses como vai o Pokémon Go - especialmente após o início da época de aulas - mas parece-me ser seguro dizer que a Supercell está muito melhor posicionada para atingir os mil milhões de lucro à custa dos seus jogos do que o Pokémon Go.

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Titanfall 2 com novo teste este fim-de-semana


Este fim-de-semana teremos direito a novo multiplayer tech test de Titanfall 2 na Xbox One e PS4, o que significa que todos os interessados poderão jogá-lo e ficar com uma ideia do que poderão esperar quando o jogo for lançado.

A Respawn foi rápida a reagir às críticas e sugestões feitas após o teste do fim-de-semana anterior, e por isso podemos contar com algumas alterações - que curiosamente vêm resolver todos os pontos que eu próprio referi nos fórums. :)
  • Movimentos dos pilotos - a movimentação dos pilotos era muito mais lenta que a do Titanfall original, e neste teste voltará a ser acelerada ligeiramente.
  • Titan Meters - no teste anterior, só se conseguia ter acesso a um Titan matando jogadores (em vez de se ter um temporizador que garantia o acesso, mesmo aos jogadores mais fracos). O temporizador está de regresso, embora - como anteriormente - matar inimigos acelere o acesso ao Titan.
  • Resistência dos Titans - os novos Titans são muito mais frágeis que o do jogo original, porque agora existe a mecânica de roubar baterias aos Titans inimigos e colocá-las nos da nossa equipa (só então é que passam a ter um escudo). Essa nova mecânica será para manter, mas o dano feito aos Titans foi ajustado para que durem mais tempo.
  • Mapas - os mapas disponibilizados foram criticados por serem demasiado planos e abertos, mas a Respawn relembra que são apenas dois de muitos e variados mapas que existirão na versão final. De qualquer forma, este fim-de-semana teremos um novo mapa "Forwardbase Kodai" que adicionará mais alguma variedade.
  • Silhuetas dos jogadores inimigos - o teste anterior insistia em desenhar a silhueta dos jogadores inimigos mesmo quando estes estavam a "quilómetros" de distância, facilitando o trabalho aos snipers. A silhueta passará a ser mostrada apenas a distâncias mais curtas. (Para mim, devia desaparecer, mas pronto...)


Importa também referir que o propósito de testar os servidores parece ter sido bem sucedido, pelo que agora é aproveitar mais este fim-de-semana de Titanfall 2... e depois aguardar até Outubro (ou novo beta-test) para começar a jogar a sério.
Related Posts with Thumbnails