sexta-feira, 28 de julho de 2017

PlayStation Plus aumenta para os €60 anuais


Se já não são fãs de pagar pelo direito de poderem jogar online, então vão gostar ainda menos de saber que a Sony vai aumentar substancialmente o preço do serviço PlayStation Plus, que passa dos actuais 50 euros/ano para os 60/ano (ou, mais concretamente, de 49,99 para 59,99 euros.)

Os preços das assinaturas mensais e trimestrais também aumenta:

  • O preço da subscrição de 12 meses será alterado de €49,99 para €59,99.
  • O preço da subscrição de 3 meses será alterado de €19,99 para €24,99.
  • O preço da subscrição de 1 mês será alterado de €6,99 para €7,99.

Estas alterações entram em vigor a partir das 00:01 (hora de Lisboa) de 31 de Agosto de 2017.

Considerando tudo o que o PS Plus disponibiliza (incluindo os jogos mensais gratuitos que podemos ir acumulando à nossa colecção), continuo a achar que o PS Plus se justifica... para além de ser "obrigatório" para podermos jogar online. Ainda assim, este aumento pode ser considerado "brutal", já que estamos a falar de um aumento de 20%(!) na assinatura anual.

... Assim, resta-nos apenas fazer o possível para minimizar isto, ou seja... até 31 de Agosto adquirir uma nova subscrição do PlayStation Plus ao preço actual, que será "acumulada" ao período de subscrição actual. Sempre são 10 euros que se poupa que poderão ser gastos noutras coisas.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Blizzard aumenta castigos para jogadores mal-comportados no Overwatch


Ninguém gosta de um jogo multiplayer com "mau ambiente", e por isso a Blizzard decidiu aumentar os castigos para utilizadores mal comportados no Overwatch.

Para além da expulsão permanente de jogadores apanhados a fazer batota, a Blizzard quer acabar com jogadores que tenham comportamentos abusivos para com outros jogadores, incluindo abuso verbal, assédio, spam, etc. Estes jogadores poderão ser silenciados, suspensos por determinado tempo, ou até banidos de forma permanente, em função do que tiverem feito e dos seus antecedentes.

Isto é acompanhado por melhorias a nível do sistema de "queixas" dos utilizadores e, como seria de imaginar, também não ficou esquecida a possibilidade de algum jogador querer usar o sistema para se queixar falsamente de outros jogadores. Nesse caso, será o queixoso a arriscar-se a levar com uma penalização mais pesada.

Este novo sistema também irá ser aplicado às versões para a Xbox One e PS4.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Humble Bundle Saints Row


Quem não tiver tido oportunidade de jogar a saga Saints Row tem agora uma nova oportunidade a preço irresistível por via de mais um Humble Bundle com um conjunto de jogos a preço bombástico - e que inclui o futuro jogos dos mesmos criadores, Agents of Mayhem.

O Humble Bundle Saints Row disponibiliza os seguintes jogos a cada patamar de preço que se esteja disposto a pagar:


Por apenas $1

Risen 3: Titan Lords Complete Edition
Deadlight: Director's Cut
Homefront
Saints Row 2

Por mais de $5.11 (cerca de €4.37)

Saints Row: The Third
Saints Row: Gat Out of Hell
Mighty No. 9
Killer is Dead - Nightmare Edition

Por mais de $15 (cerca de €12.83)

Homefront®: The Revolution Standard Edition
Saints Row IV: Game of the Century Edition
Saints Row: The Third - The Full Package
Saint's Row: Gat Out of Hell - Devil's Workshop Pack (DLC)

E por mais de $75 (€64.14) ainda se fica com

Agents of Mayhem




terça-feira, 25 de julho de 2017

Em quanto tempo consegues ficar sem filhos no The Sims?


Já temos visto muito exemplos alucinantes de speed running em que nem se percebe como é que eles conseguem acabar os jogos tão depressa, mas hoje temos um desafio bem mais compreensível: tentar que os seus filhos virtuais no The Sims 4 lhes sejam retirados pelos serviços de protecção de menores!

O desafio consiste em conhecer alguém, engravidar, ter o bebé, e conseguir ficar sem ele com a chegada dos serviços de protecção. O recorde actual está nos 15 minutos e meio, e pode ser visto no vídeo que se segue, a partir dos 3:12 (têm outros speedruns no mesmo vídeo.)

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Pokémon GO Fest acaba em desastre


Os planos da Niantic para celebrar o primeiro aniversário do Pokémon GO com um mega evento podiam ter boas intenções, mas a sua concretização falhou por completo, deixando milhares de jogadores bastante frustrados.

O Pokémon GO contribui para arrastar milhões de pessoas para as ruas, em busca de Pokémon, mas a Niantic voltou a cometer o mesmo erro que já tinha cometido no passado, quando na fase inicial de lançamento do jogo se viu incapaz de lidar com a sobrecarga de utilizadores.

Desta vez, o caso complicou-se ainda mais, pois tratava-se do Pokémon GO Fest em Chicago, um evento para que atraiu jogadores de todo o mundo, mas que quando lá chegaram se depararam com filas e mais filas durante horas e, pior ainda, uma rede completamente saturada e que fez com que muitos nem conseguissem jogar o jogo.

Por fim, a Niantic lá reconheceu a "barracada" e anunciou que iria devolver o custo dos bilhetes e recompensar os participantes com $100 em PokéCoins e oferecer-lhes também um Pokémon Lendário, que se estreariam neste evento.


O que estava prometido era isto:



O que acabou por acontecer foi isto:



Related Posts with Thumbnails