sábado, 28 de setembro de 2013

Valve revelou Steam Controller com Dual Touchpads e Touchscreen


A Valve já revelou a terceira novidade que tinha preparada para esta semana (depois do SteamOS e das Steam Machines), e... em vez do Half-Life 3 que todos esperavam tivemos um Steam Controller que rompe com alguns dos conceitos tradicionais.


Em vez dos habituais botões direccionais e thumbsticks, a Valve decidiu recorrer a dois trackpads circulares (e "clicáveis") que oferecem a capacidade de reconhecer os toques com elevada precisão - ao ponto de poderem ser utilizadas como "ratos" - certamente aludindo à possibilidade de facilitarem o controlo de jogos como os RTS e FPS que tradicionalmente beneficiam do conjunto rato+teclado.

Para evitar o problema dos "touch-controls" que conhecemos nos smartphones, a Valve desenvolveu um sistema de feedback físico com maior precisão que o simples "rumble" dos controladores actuais. A Valve diz que com os actuadores usados no Steam Controller é possível criarem-se sensações de alta qualidade, que incluem até direcção e "textura" - e podendo até ser utilizados como colunas para reproduzir som.

No centro do controlador temos um touchscreen (também clicável), mas curiosamente aqui a Valve optou por uma solução inversa à da Nintendo no controlador com ecrã da Wii U: para evitar que o jogador se distraia com o ecrã secundário, a imagem que está no touchscreen aparece sobreposta no ecrã principal assim que se toca nele. Assim, o jogador pode realizar as diferentes opções disponíveis sem desviar o olhar.

E depois, temos ainda 16 botões espalhados pelo controlador, metade deles acessíveis sem que seja necessário tirar os dedos dos trackpads, e incluindo dois botões na parte traseira destinados a ser usados com os dedos que habitualmente apenas servem para dar suporte (mindinho e anelar). Sendo totalmente simétrico, o Steam Controller pode ser usados por destros ou canhotos sem qualquer problema.


A nível da compatibilidade com os jogos, é possível usar o Steam Controller num modo que se faz passar por teclado e rato, assim permitindo a sua utilização com praticamente todos os jogos - mesmo os que não estão preparados para tirar partido dele.

E por fim, a Valve convida os jogadores e a comunidade a que abram e modifiquem o Steam Controller - e com isso espera que possam vir a surgir excelentes melhoramentos e inovações.

Será que a Valve "descobriu a pólvora" e criou o controlador perfeito? Ou será que o abandono dos botões direccionais e thumbsticks irá fazer com que a maior parte dos jogadores nem sequer esteja disposta a dar-lhe uma hipótese de sucesso? Por mim, confesso que estou curioso - e acho que a Valve não se arriscaria a mandar cá para fora algo em que não tivesse plena confiança de que seria uma real alternativa (para melhor) face aos controladores existentes. Vamos ter que esperar para ver...

[republicado do Aberto até de Madrugada]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails