sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Jogos do steam podem ser revendidos - diz tribunal francês


Para desagrado da Valve, um tribunal francês decretou que os utilizadores europeus têm o direito de vender os jogos digitais que compraram na plataforma Steam.

O Tribunal de Grande Instance de Paris não ficou sensibilizado pela defesa da Valve, que tentou argumentar que o Steam era equivalente a um serviço de subscrição, e considerou que uma vez que as compras são permanentes, os compradores deverão ter o direito a poder vender os jogos usados tal como aconteceria se se tratassem de jogos em suporte físico - e como garantem as leis europeias.

O Tribunal dá à Valve três meses para fazer as devidas correcções, mas a empresa já veio dizer que pretende recorrer da decisão, o que seguramente irá fazer com que uma decisão verdadeiramente final fique adiada para data a anunciar.

Assumindo que a decisão se irá manter, em linha com o que diz a lei europeia, é de esperar que este tema se venha a alargar para outras plataformas e conteúdos, como a compra de filmes, músicas, e apps, podendo afectar a App Store da Apple, Play Store da Google, e outros. Vai ser interessante ver como será o desfecho deste caso, e as repercussões das suas implicações.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails