quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Star Wars Battlefront


Não será exagero dizer que Star Wars Battlefront é um dos jogos mais aguardados de todos os tempos; e com isso ficam também definidas as expectativas ultra-elevados da maioria dos jogadores e de todos os fãs do universo Star Wars. Felizmente, tivemos a oportunidade de passar os últimos dias a jogar a versão beta e ficar com uma melhor ideia do que nos aguarda.

Para um jogo cuja principal vertente será online, parece-me indispensável fazer todos os testes para garantirem que o lançamento não será atormentado pelos problemas que vão sendo frequentes no lançamento de jogos mediáticos. Pelo menos nesta fase beta não houve dificuldades a nível de encontrar jogos disponíveis de forma imediata, e surpreendentemente - sem grandes demoras quer a nível de carregamentos dos níveis como dos intervalos entre os próprios jogos.

Claro que aqui se estava limitado a uma reduzida selecção do que será o jogo final. Um modo single-player offline ou cooperativo 2P, em que temos que enfrentar vagas de inimigos cada vez mais potentes e numerosos; e depois dois modos multiplayer; um em que basicamente cada equipa tem que se apoderar dos drop pods que vão caindo; e outra que nos coloca em missões que nos transportam imediatamente para o imaginário dos filmes que todos conhecemos.

Será este último que se arrisca a tornar na imagem de marca do Star Wars Battlefront, com épicas batalhas de 20 vs 20 jogadores, e onde grande parte dos jogadores se torna "carne para canhão", morrendo dezenas e dezenas de vezes - mas sem que isso se torne frustrante (a não ser quando temos azar de morrer mal se acaba de renascer). Só ao final de alguns dias é que comecei a conseguir ficar no topo da tabela, morrendo menos de 10 vezes e matando uns 30 ou 40 inimigos - muitas vezes ajudado por ficar ao controlo de um AT-AT ou AT-ST. (Ao contrário do que esperava, não engracei com os controlos de nenhuma das naves espaciais, pelo que rapidamente optei por permanecer em terra.)

A nível gráfico, o jogo cumpre com o prometido de nos levar para dentro de um "filme" do Star Wars (fico curioso para ver como se comportarão os níveis com as florestas.) Mas a grande incógnita será saber que tal o jogo resistirá ao teste do tempo. Estas missões foram interessantes para nos abrir o apetite durante um fim-de-semana prolongado mas... serão capazes de o fazer durante meses a fio? No pior caso imagino os jogadores a recaírem para os modos mais tradicionais e equilibrados das batalhas multiplayers normais - mas aí não haverá muito que diferencie este SW Battlefront de qualquer outro shooter multiplayer, a não ser pelo visual e som de temática Star Wars.

... Mas isso é algo que só o tempo irá revelar. Por agora temos que esperar até 17 de Novembro para que Star Wars Battlefront chegue na sua versão completa. Mas não nos agrada que novamente se esteja perante um jogo que nos chega partido à nascença, e que obrigará a pagar $50 pelo season pass para ter acesso aos conteúdos adicionais, elevando o preço total do jogo para lá dos 100 euros!

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails