domingo, 8 de janeiro de 2017

Clash Royale começa o ano a testar a carteira dos jogadores


O Clash Royale foi um dos jogos mais bem sucedidos e viciantes de 2016 (e que contribuirá para que Supercell ultrapasse os mil milhões de receita já obtidos com o Clash of Clans), e para isso contribui a fórmula "perfeita" que a empresa conseguiu afinar para manter os jogadores empenhados.

Mas o ano de 2017 começa com um novo torneio que parece revelar que a Supercell está a começar a dar (ainda) mais prioridade ao dinheiro do que ao jogadores. Tradicionalmente, no Clash Royale a primeira participação num dos torneios temporários especiais era oferecida... mas neste primeiro torneio "Double Elixir" deste ano isso já não acontece. A par do lançamento dos Elite Barbarians, que se tornaram na nova carta favorita de praticamente todos os jogadores, por serem extremamente poderosos (eu tenho-me recusado jogar com eles, por uma questão de princípio... e sendo penalizado por isso) - começam a notar-se sinais de cansaço por parte de muitos jogadores. E não é certo que a promessa de sempre mais cartas a intervalos regulares vá resolver o problema, nem tão pouco a promessa de que o jogo eventualmente "terá um fim".

Dito isto, o nosso clã AadM.pt continua em boa forma e com um conjunto bastante coeso de jogadores que diariamente se vão divertindo neste jogo. Se ainda não tiverem clã e jogarem regularmente, fiquem à espreita para ver se apanham vaga. :)


Para celebrar o primeiro ano de Clash Royale, fiquem com um vídeo dos bugs que já se fizeram sentir no jogo.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails