terça-feira, 28 de abril de 2015

Valve permite "mods" a pagar... e nem todos gostam [actualizado]


O Steam é a mais popular e bem sucedida plataforma de jogos nos computadores, mas uma das suas mais recentes alterações está a dividir a comunidade de jogodores: a possibilidade dos mods serem pagos.

Os "mods" são modificações feitas a jogos, e que passam por coisas tão simples quanto mudar as roupas dos personagens, a outros que mais complexos que praticamente modificam completamente o jogo. O Skyrim é um dos jogos onde isso se torna mais evidente, existindo uma quase infinita variedade de mods que fazem com que o mesmo se vá mantendo "actual" à medida que os anos passam... e que até aqui era feito de forma completamente gratuita.

Agora, a Valve coloca estes mods no mercado dos items pagos, com a "desculpa" de que é uma forma dos criadores de mods poderem ser justamente recompensados (uma estranha escolha de palavras, quando na realidade os criadores receberão apenas 20% do valor pago - embora a Valve diga que essa distribuição é definida pelos detentores dos direitos do jogo original e não por si).


Parece que só o tempo poderá responder às preocupações dos jogadores, e ver se esta alteração terá algum impacto, e se será positivo ou negativo... mas as perspectivas não me parecem boas para um segmento que estava em franca expansão, e que foi responsável por muitas pessoas se iniciarem no mundo dos videojogos (começando a fazer mods, e mais tarde sendo contratados pelos estúdios).


Actualização: a Valve recuou perante a pressão dos jogadores, e já suspendeu esta modalidade de mods a pagar. Parece que a mensagem foi clara, quando o mod que subiu ao topo dos mais descarregados era um mod contra os mods a pagar.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails