sábado, 15 de março de 2014

OnLive CloudLift leva os teus jogos steam para todo o lado sem instalações


O OnLive era um serviço que podemos dizer que estava à frente do seu tempo. A ideia era permitir o acesso a jogos de alta-qualidade independentemente do PC que se tivesse, pois tudo era processado remotamente em potentes servidores, e o jogador via apenas o "vídeo" como se de um canal de televisão se tratasse (com a diferença de que era interactivo de forma quase imediata). O projecto não teve o sucesso esperado - embora tenha dado origem a serviços idênticos, como o nosso próprio Meo Games. Depois do silêncio regressam agora ao activo com novos serviços, um dos quais poderá indicar o caminho para o futuro dos jogos...

O OnLive propõe agora uma solução ligeiramente diferente e que poderá acabar por ter mais sucesso. Com o CloudLift, o OnLive permite que os jogadores joguem os jogos que têm instalados nos seus computadores a partir de qualquer lugar, usando a micro-consola da OnLive o seu seu programa (em PCs e equipamentos mobile). Por agora o sistema funciona 20 jogos no Steam, mas a ideia não deixa de ser interessante. Em vez de se restringir a jogos que ficam para sempre na cloud, este sistema permite que os jogadores continuem a comprar os jogos como habitualmente fazem (e ficando com eles sem dependerem do OnLive), mas ganham a conveniência de facilmente poderem jogá-los na sala de estar, num tablet, ou num smartphone - sendo que todos os savegames e progresso são automaticamente sincronizados.

Nem todos os jogos serão propícios a este tipo de partilhas, mas a ideia não deixa de ser talvez ainda mais interessante que o conceito base do OnLive em si (embora a questão da confiança nas plataformas de jogos se mantenha... nada nos garante que o OnLive continue a existir daqui por cinco anos, mas o mesmo poderá ser dito de qualquer outro sistema/plataforma, incluindo o Steam, a Origin, etc. etc.)


Claro que a OnLive continua a suportar os seus jogos 100% na cloud, e também passa a disponibilizar um novo serviço que outras entidades poderão usar para disponibilizar os seus jogos de forma universal em inúmeros dispositivos - incluindo a possibilidade de se aceder a demos que podem ser jogadas imediatamente sem que obriguem a fazer o download de vários gigabytes para se poder jogar um nível que dura apenas alguns minutos.

Será desta que a OnLive se aguenta... ou nem assim?

[via Aberto até de Madrugada]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails