quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Angry Birds Go com extras a custar $99 dólares


O novo Angry Birds Go vem relembrar-nos como é fácil um sistema que funciona descambar para o abuso completo. As plataformas mobile vieram revolucionar o mercado dos jogos, primeiro com o surgimento de jogos a preços de poucos dólares, e logo seguidos por um sistema que funciona ainda melhor: os jogos freemium. Ou seja, jogos gratuitos, mas que incentivam os jogadores a pagar por conteúdos extra ou a acelerarem o progresso no jogo.

Até aí tudo bem: os jogadores podem jogar gratuitamente... e quem quiser apoiar ou ter acesso aos ditos "extras", pagará por isso. Mas o problema é que parece que a busca pelos cifrões tem feito alguns estúdios perder a perspectiva do que será aceitável - e neste caso do Angry Birds Go, que será lançado este mês, temos conteúdos que chegam a custar $99 dólares!

É o que se pode dizer: um absurdo, e um roubo! A desculpa de que "só paga quem quer" não irá funcionar quando se sabe que existirão milhões de crianças por este mundo fora que irão jogar este jogo, e que se irão sentir tentados a tocar no botão de comprar estes conteúdos - para não falar naqueles que inocentemente pensarem que aquilo se refere a 99 cêntimos em vez de 99 dólares.

Mas... é o mundo que temos, onde os cifrões parecem falar mais alto. E é igualmente triste ver que esta moda também se começa a alastrar até aos jogos para PC e consolas; jogos que já custam verdadeiras exorbitâncias (especialmente nos casos das consolas, e particularmente nas novas PS4 e Xbox One), e que ainda assim, mesmo antes de serem lançados já começam a anunciar conteúdos extra que os jogadores poderão aceder... desde que paguem extra por isso, claro! Quando se compra um jogo espera-se que ele venha completo... conteúdos adicionais deverão ser isso mesmo: adicionais, e não serem elementos que deveriam fazer parte do pacote original, mas que são separados, reduzindo o jogo a um "esqueleto" apenas para se poder cobrar couro e cabelo aos jogadores com os conteúdos extra.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails