terça-feira, 26 de março de 2013

Bioshock Infinite


Hoje é dia de lançamento do Bioshock Infinite, e parece haver consenso geral: este novo episódio da saga Bioshock, que agora trocou as profundezas do oceano por uma cidade que flutua no ar... é absolutamente imperdível.

Parece que ao contrário do que acontece na indústria cinematográfica, onde cada sequela é quase invariavelmente pior que o filme anterior, no caso do Bioshock, este terceiro jogo se arrisca a ser o melhor da série. O jogo não só nos apresenta um ambiente novo, como - pela primeira vez - estamos num mundo "vivo", cheio de pessoas, e onde podemos assistir ao vivo a inúmeras situações que darão que pensar (incluindo xenofobia, e outras).

A acompanhar-nos temos Elizabeth, que sendo uma personagem virtual, parece também demonstrar que a inteligência artificial nos jogos já está num nível em que não se torna "frustrante"; não sendo necessário tomar conta dela continuamente - e muito pelo contrário - sendo ela a dar-nos valiosa assistência durante os combates.

O único "problema" parece ser que o jogo oferece tanta variedade de opções a explorar, que quando terminamos rapidamente desejamos voltar ao início para testar novas armas/poderes/tácticas... Um "problema" que certamente não irá incomodar nenhum jogador! :)




E se se acharem à altura... poderão começar por activar logo o modo de dificuldade acrescida - 1999 Mode - (que de outro modo só ficaria disponível quando acabassem o jogo pela primeira vez) usando o Konami code:
  • PC (teclado/rato): Up, Up, Down, Down, Left, Right, Left, Right, (Cancel key), (Confirm key)
  • Xbox: Up, Up, Down, Down, Left, Right, Left, Right, B, A
  • PS3:  Up, Up, Down, Down, Left, Right, Left, Right, O, X

[Bioshock Infinite na Amazon UK]


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails