terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Fire Emblem põe carteira dos jogadores à prova com nova mensalidade


A Nintendo parece querer pôr à prova a capacidade de resistência financeira dos jogadores, aplicando uma nova mensalidade e conteúdos exclusivos ao Fire Emblem.

O Fire Emblem é o jogo mais lucrativo de sempre da Nintendo, sendo um daqueles casos emblemáticos de jogos que "incentiva" os jogadores a gastarem dinheiro (ao ponto de ter sido proibido na Bélgica), mas tinha a vantagem de, até agora, isso ser algo que era completamente opcional - e qualquer jogador continuava a ter acesso a todos os conteúdos mesmo que se mantivesse no caminho mais trabalhoso de os conquistar sem pagar por isso.

É essa a barreira que agora é quebrada com a chegada do novo passe mensal Feh Pass. Mais do que o excessivo valor cobrado ($9.49), o ponto crítico é o de que, a partir de agora, existirão conteúdos que apenas estarão acessíveis a quem pagar este passe mensal e que nunca poderão ser obtidos por quem não pagar. Além disso, mesmo depois de pagarem a mensalidade, os jogadores continuarão a ser bombardeados com os mesmos incentivos de sempre para que gastem ainda mais dinheiro no jogo.

Como sempre, é algo que só os próprios jogadores poderão combater da forma mais eficiente que existe: não gastando um cêntimo que seja nestes jogos que recorrem a estas tácticas abusivas de espremer as carteiras dos jogadores...

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails