segunda-feira, 25 de maio de 2015

The Witcher 3 não cumpre com a qualidade gráfica prometida


The Witcher 3 era um dos jogos mais aguardados para este ano, mas novamente nos deparamos com uma acusação que infelizmente se tem vindo a tornada cada vez mais frequente: de que os criadores do jogo tentaram enganar os jogadores, mostrando imagens que o jogo final não é capaz de produzir.

A questão do prometido não bater certo com o que é entregue é uma coisa cujas origens remontam ao início da indústria dos videojogos. No início estava implícito que as capas e cartazes dos jogos exibiam imagens "ilustrativas" que em nada representam os pixeis esborratados que víamos no ecrã. Mais tarde, com a evolução gráfica, o problema tornou-se distinguir se a imagens eram realmente produzidas pelo jogo "gameplay" ou se se tratavam de sequência pré-renderizadas tipo filme. E agora, o problema é que nem sequer o gameplay que nos mostram durante a promoção e desenvolvimento do jogo bate certo com o que os jogadores podem ter.

Têm sido cada vez mais os jogos que mostram vídeos de gameplay espectaculares e cheios de efeitos, e depois no jogo final, nem com todas as definições gráficas no máximo, se conseguem obter tais imagens. E Witcher III é infelizmente mais um desses casos.

Muitas vezes estes downgrades são devidos ao desenvolvimento em paralelo para as consolas, com os criadores dos jogos a optarem por se limitar às suas capacidades em vez de tirar o máximo partido do hardware mais potente nos PCs; mas neste caso o problema parece ter sido a troca do motor gráfico depois de terem mostrado os primeiros vídeos, trocando-o por um menos exigente.

O estúdio responsável pelo The Witcher 3 diz que irão lançar umas actualizações que permitirão melhorar a qualidade gráfica do jogo nos PCs, mas mesmo assim não esperem que o jogo se equipare ao vídeo que tinha sido mostrado:


Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails