terça-feira, 22 de julho de 2014

Google vai deixar de chamar "gratuitos" a jogos com compras in-app


A questão "gramatical" é algo que tem dado bastante que falar por cá, e que também parece preocupar a UE  no que diz respeito aos jogos "gratuitos", que depois incentivam (ou praticamente obrigam) a que se façam compras adicionais.

Agora, o Google prepara-se para deixar de anunciar como gratuitos os jogos que ofereçam compras in-app; procurando dessa forma garantir que, quando um jogo é gratuito, seja mesmo gratuito.

É uma medida drástica, e que será injusta para todos aqueles que usam as compras in-app de forma sensata; mas que infelizmente se torna necessária devido aos abusos que outros cometem recorrendo a estas compras adicionais como autênticas formas de extorquir dinheiro dos utilizadores. Um jogo que nos deixe jogar gratuitamente, mas disponibilize compras adicionais para conteúdos exclusivos ou acelerar a progressão para quem o desejar fazer, não me choca minimamente; mas um jogo que se apresente como gratuito, e que ao fim de poucos minutos já começa a apresentar-nos "rondas esgotadas por hoje, clique aqui para comprar mais umas fichas por apenas €1,99", já me parece revelar as suas verdadeiras intenções.

Não sendo possível arranjar forma fácil de distinguir entre o uso justo ou abusivo destes sistemas; resta a solução drástica de separar o que é "100% gratuito" dos que escondem custos extra. É pena que os poucos escrúpulos de uns venham prejudicar aqueles que usavam as compras in-apps de forma ponderada... mas é a realidade em que vivemos.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails