sexta-feira, 6 de junho de 2014

Xbox One ganha mais 10% de potência via update

Não, não se trata do rumorizado segundo GPU secreto que se chegou a falar nos momentos anteriores ao lançamento da Xbox One - mas o que é certo é que depois da subida de última hora da frequência de funcionamento, a Microsoft volta a espremer um pouco mais de potência da sua consola para tentar minimizar as diferenças face à consola rival da Sony.

Este último update permite aos developers usarem os 10% de potência que até agora estavam reservados para tarefas do sistema, como o processamento do Kinect e das apps em multitasking. Considerando que nem todos os jogos tiram partido do Kinect (e agora ainda menos, uma vez que passa a ser um acessório opcional com a chegada da Xbox One sem Kinect), e a maior parte das pessoas passará 99.9% do tempo nos jogos em full-screen sem usar o multitasking, esta é uma opção acertada e que deveria ter sido feita logo de início... mas mais vale tarde do que nunca.

De qualquer forma a MS refere que esta actualização dá os 10% extra de potência aos developers, mas que isso foi feito sem que pusesse em causa o funcionamento do Kinect ou das apps em background, que continuarão a funcionar normalmente. Será certamente apenas uma questão de, em vez de ter sempre essa potência reservada (e inutilizada), agora passa a estar disponível para os jogos.


Para além disso, há outras novidades igualmente interessante: passa a ser possível usar os nomes reais nos gamertags; há inúmeras melhorias no modo smartglass quando se usam smartphone ou tablets; e chega finalmente o suporte para instalação de jogos em discos externos. A grande vantagem desta última opção, é que passa a ser possível levar o disco externo para casa de um amigo, e jogar esse jogo na sua Xbox One.



Por cá, continuamos a aguardar a chegada da Xbox One ao nosso país (de forma oficial).

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails