segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Jogo Genes in Space deixa-te combater o Cancro da Mama na vida real


Diariamente são "gastas" milhões de horas em jogos de vídeo. Que tal se, em vez da óbvia componente lúdica se pudesse usar parte desse tempo e processamento para ajudar em coisas sérias? É esse mesmo o propósito deste Play to Cure: Genes in Space; que ainda por cima recorre a dados que foram recolhidos por cientistas portugueses.

O jogo poderá ser idêntico a muitos outros jogos de tiros no espaço, mas a parte que interessa é a secção onde temos que definir a rota que queremos seguir. Uma rota onde temos que tentar passar pelos pontos com maior densidade de matéria para a conseguirmos acumular no jogo.


Só que na verdade esta "mapa" não é uma invenção digital aleatória, mas sim dados genéticos reais que os investigadores desejam analisar. O problema é que estes dados genéticos recolhidos pelas equipas de dois cientistas portugueses: Carlos Caldas da Universidade de Cambridge e Samuel Aparício, da Agência do Cancro da Columbia Britânica em Vancouver; são imensos e a sua análise é complicada de fazer por métodos automáticos.

As tais zonas que os jogadores são incentivados a encontrar representam regiões do genoma de tumores malignos da mama, e poderão ser mais facilmente sinalizadas para posterior análise pelos investigadores. E não precisam ter receio por identificar mal uma determinada zona; o objectivo é que existam milhares (ou milhões) de jogadores; sendo que os resultados irão ser combinados entre todos de forma a que um único jogador mais "azelha" não vá colocar em risco o processo. :)

O jogo Play to Cure: Genes in Space está disponivel para Android e iOS, e é a desculpa perfeita para que possam dizer que estão a jogar... pelo melhoramento da qualidade de vida de toda a raça humana.



Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails