quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Xbox One leva "overclock" para 1.75Ghz



Quando se trata de espremer o máximo número de frames por segundo de um jogo, todos os megahertz contam (como os fãs do overclocking podem comprovar). Não será por isso de estranhar que a Microsoft tenha decidido acelerar um pouco a sua XBox One, cuja versão final que será vendida nas lojas irá ter um CPU que funcionará a 1.75Ghz em vez dos 1.6Ghz inicialmente indicados.

Será uma forma bastante fácil de aumentar a potência da consola em cerca de 10%, algo que surgirá em virtude da pressão que tem sido feita relativamente à questão da PS4 poder ser mais potente. Esperemos apenas que este aumento tenha sido feito com "bom-senso", pois a Xbox 360 já sofreu bastante com a má fama do "ring of death" devido a aquecimento excessivo, e estas primeiras gerações de novas consolas são sempre mais problemáticas nesse aspecto.

Mas a MS tem confiança no sistema de dissipação que desenhou, e que diz ter sido feito para aguentar uma década de utilização intensiva sem problemas. A ver vamos, quando chegar o próximo Verão... Outra novidade de última hora é que a consola irá incluir um headset de origem, ao contrário do que tinha sido indicado anterirmente.

Agora só nos falta saber: quando é que chega a Portugal?

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails