segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

Google Stadia chega a Portugal

O serviço de streaming de jogos Stadia da Google chega a Portugal, dispensando a necessidade de ter um PC potente para jogar.

Ao longo dos anos temos visto múltiplas tentativas de fazer vingar o serviço de streaming de jogos, mas até ao momento sem que nenhum deles tenha conseguido obter expressão significativa. Agora, é a vez da Google.

O Stadia é o serviço de streaming de jogos que a partir de hoje fica disponível em Portugal. Um serviço que permite aceder a jogos a partir do browser, smartphone, ou tablet, sem necessidade de ocupar dezenas de gigabytes com a sua instalação ou de ter uma placa gráfica poderosa. O serviço chega com uma modalidade gratuita e uma modalidade Pro, por €9.99 /mês, que dá acesso a uma série de jogos. Mas ao contrário de outros serviços de streaming, onde todos os jogos estão incluídos, aqui temos uma plataforma onde continuará a ser necessário comprar os jogos que se quiserem jogar (além daqueles que forem gratuitos ou estiverem incluídos na modalidade Pro).

A experiência de utilização é surpreendentemente simples, bastando abrir o site e... já está. Depois do processo de registo e do processo de emparelhamento de um gamepad (pode ser um controlador Xbox ou PlayStation - que num smartphone ou tablet poderá ser substituído por um controlador virtual "touch" no ecrã), a coisa resume-se a escolher / comprar o jogo que se quer jogar, e jogar.

Não faltam jogos para todos os estilos, como o Destiny 2, Mortal Kombat 11, Avengers, Orcs Must Die!3, Monopoly, Crayta, ou o recém-lançado Immortals Fenyx Rising ou o iminente e muito aguardado Cyberpunk 2077.

Em utilização

Comecemos pela parte mais crítica para um serviço de jogos via streaming, o "lag". Pois bem, jogar via Stadia no browser é virtualmente indistinguível de jogar um jogo nativo. Até mesmo em jogos de acção mais intensos, a resposta a cada tecla / botão ou movimento do rato é feita de forma imediata e sem qualquer atraso perceptível. Aquilo que mais se faz notar, para quem estiver habituado a jogar em resoluções QHD ou 4K, é que a imagem perde um pouco de definição, sendo equivalente a um Full HD "esbatido". Apesar de ter testado o Stadia Pro, que suspostamente permite qualidade a 4K, nunca consegui atingir essa qualidade - em termos de definição visual aparente - apesar do serviço dizer que tinha ligação excelente. Mas pode dar-se o caso disso variar de jogo para jogo e alguns estarem mais limitados na qualidade do streaming.

Falando da qualidade, e se por um lado o serviço pemite poupar os gigabytes de instalação dos jogos, por outro vai gastar gigabyte de dados. Na ligação Pro o Stadia diz que pode gastar até 20GB de dados por hora, baixando para os 12GB /hora em Full HD 1080p, e 4.5GB/hora em HD 720p.

Sendo alguém que detesta o processo de instalação de jogos nos PCs, com cada jogo a tentar impingir os seus sistemas de DRM e a instalar serviços que ficam a atulhar o sistema sem necessidade, é com enorme agrado que olho para um serviço que me permite abrir uma página no browser e jogar sem mais chatices. Por outro lado, a ideia de "mais uma mensalidade" não é muito apelativa, nem o facto de ter que comprar jogos que serão exclusivos para esta plataforma e que não poderão ser jogados de forma nativa. Também há aspectos a melhorar, pois a experiência de jogar no Stadia é de tal forma idêntica à de um jogo nativo, que muitas vezes somos confrontados com ecrãs de "loading" ao arrancar os jogos ou iniciar os níveis, que podem demorar dezenas de segundos, e que estragam a experiência de um serviço que nos devia deixar jogar instantaneamente. É algo que espero ver desaparecer à medida que os estúdios forem melhor adaptando os seus jogos para correrem nesta plataforma.


Por agora, não custará nada experimentarem. Todos os novos utilizadores do Stadia têm acesso a um mês grátis do Stadia Pro, e poderão testar o serviço a partir de agora.


Nota: a disponibilização do acesso ao Stadia irá decorrer ao longo das próximas 24 horas.

Actualização: o livestreaming directo para o YouTube também ficará activo a partir de hoje.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails