segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Solitaire do Windows 10 obriga a pagar para tirar publicidade?


A chegada do Windows 10 lá vai revelando alguns dos seus detalhes aos utilizadores, e alguns deles não serão propriamente bem recebidos - como o facto do Solitaire agora passar a ser uma colecção de jogos pagos.

Depois de alguma indecisão sobre se seriam incluídos ou não (uma vez que se tratam de jogos clássicos que muitos utilizadores Windows esperariam encontrar nos seus computadores), a Microsoft lá disse que os jogos iriam estar no Windows 10. O que não disse é que o jogo recorreria agora ao popular sistema de "pagar para jogar".

O Solitaire Collection é gratuito, mas vem com publicidade - bastante intrusiva por sinal, que ocupam o ecrã por uma dezena de segundos sem que se possa fazer nada - e a única opção para se livrarem dela é pagarem uma nova renda mensal ou anual. Ainda por cima, nem sequer é dada a opção de compra: é sempre a pagar, ano após ano (e que inevitavelmente deixará os jogadores pendurados, quando por algum motivo o jogo ou serviço o considerar obsoleto e deixar de ser suportado - como demonstram muitos outros jogos que deixaram os jogadores encalhados.)

A situação não é grave, pois não faltam alternativas gratuitas que replicam estes jogos. Mas certamente haverá que não aprecie o facto da MS recorrer a esta táctica para facturar à custa de um jogo que tradicionalmente era oferecido gratuitamente com o Windows, e sem publicidade propositadamente concebida para chatear o utilizador. (Eu até que aceitaria que tal acontecesse... se o Windows 10 fosse gratuito; mas há que não esquecer que, mesmo estando a ser disponibilizado como actualização gratuita, o Windows 10 continuará a custar mais de 100 euros para quem o quiser comprar em separado.)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts with Thumbnails